Você está lendo:

A estrela da One Direction, Niall Horan, já teria assinado um enorme contrato de gravação solo, mas não foi com a Syco, do chefe Simon Cowell.

O cantor de 22 anos de idade, que tem investido em seu negócio de golfe desde que a banda entrou em pausa, aparentemente seguiu os passos de seus colegas de banda Liam Payne e Harry Styles, e aceitou um mega acordo com uma grande gravadora.

Uma fonte afirmou que Niall conseguiu um contrato com a Universal Music, que focou completamente nele após as negociações com Harry não darem certo. Uma fonte secreta revelou alguns detalhes ao Daily Star Sunday:

“Isto cairá como verdadeiro um golpe para Cowell, que foi falar com Niall meses atrás, querendo que assinasse um contrato com sua gravadora Syco. Ele fez uma série de propostas oferecendo muito dinheiro para tentar convencer Niall a se juntar ao seu time, mas no final a Universal entrou e colocou ainda mais dinheiro sobre a mesa. Eles estão deslumbrados por terem conseguido passar por cima de Cowell e ter tomado um dos integrantes da 1D”.

A Universal ficou totalmente impressionada com os esforços individuais de Niall e estavam dispostos a desembolsar “o que fosse preciso” para selar o negócio.

Niall ao que parece, estaria “emocionado” em assinar um acordo como artista solo, mas isso foi apenas um par de semanas antes de Cowell, de 56 anos, revelar à People que estava esperando para fazer um anúncio sobre Niall “em breve”.

“Eu acho que eles todos são ótimos. Niall é o mais leal. Estamos esperando para anunciar algo em breve com ele. Eu sempre soube que ele seria leal. Você sabe que, estamos falando de todos [os caras da 1D] no momento. Você sabe o que a grande coisa sobre esses meninos são, bem, não todos eles, apenas a maioria deles, eles é incrivelmente leal. E você nem sempre esperava por isso. Niall, Harry, Louis são surpreendentes”.

Enquanto isso Niall está supostamente “dizendo aos amigos que ele está realmente animado sobre a sua nova música e este negócio solo”.

Ao serem procurados para prestar esclarecimentos, os representantes da Syco se recusaram a comentar sobre esta história.

Enquanto isso, o jornal The Sun relatou que Horan recrutou o escritor e produtor Greg Kurstin, que já trabalhou com Adele, para trabalhar em seu álbum solo. Uma fonte afirmou detalhes sobre essa parceria:

“Niall escreveu com a One Direction, mas ele tem um talento real, e os chefes estão esperando para tirar o máximo dele, o juntando com outras pessoas brilhantes. Ele quer se afastar de coisas de boyband e mostrar do que é capaz, e ele está sendo fazendo um grande trabalho com Greg, e muitos outros. Houve um pouco de preocupação antes que, por ele ter vindo de uma banda fabricada, não seria levado a sério. Mas as pessoas estão fazendo fila em volta do quarteirão para gravar com ele. É cedo, mas esta gravação ao que parece que poderia ser realmente algo especial.”

A One Direction está atualmente em uma pausa por tempo indefinido e os colegas de banda de Niall estão todos trabalhando arduamente em projetos solo.

Liam Payne assinou um contrato solo com a Capitol no Reino Unido, enquanto Styles – que recentemente terminou de filmar com Christopher Nolan o longa “Dunkirk” acredita-se que tenha um negócio $80 milhões com a Columbia, que é propriedade da Sony.

Louis Tomlinson acredita-se estar planejando se concentrar em sua gravadora durante a pausa, e ele recentemente se reuniu com Cowell para lançar um novo grupo de meninas, que Simon intitula como “as melhores que eu já ouvi”.

Fonte: Daily Star Sunday, The Sun, Mirror UK
Tradução e adaptação: Equipe Niall Horan Brasil

Autor: Thuty
Publicado em 7 de setembro de 2016
Não esqueça de deixar a sua opinião!